O vexame da esquerda hoje é a prova incontestável da manipulação nas pesquisas

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é LULA-55-1-4-1024x576.png

Manifestantes fazem ato contra Bolsonaro e a favor da vacina em Brasília — Foto: TV Globo/Reprodução
Manifestantes fazem ato contra Bolsonaro e a favor da vacina em Brasília 29/05/21— Foto: TV Globo/Reprodução

Nos últimos dias o Brasil assistiu a algumas manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Um estrondo.

Sem grande divulgação, mas com um maciço apoio popular.

Épico!

A esquerda, por sua vez, vem alardeando há vários dias a manifestação deste sábado (29).

Fizeram um grande estardalhaço nas redes sociais.

O resultado, no entanto, um fiasco retumbante

O povo não compareceu.

Ruas vazias, pífia adesão.

Nem eles tinham noção de sua pequenez.

O Brasil não suporta mais a esquerda.

E o choque com a medíocre adesão foi revelador.

E assim, fica óbvio o motivo para tanta aversão da esquerda a urna eletrônica com voto impresso auditável.

A bandidagem sabe que só ganha eleição na “roubalheira”.

Querem tomar o poder na marra.

O esquema parece estar sendo montado para o roubo.

A sociedade não pode permitir.

Esse é o grande desafio.

Fonte: Jornal Cidade Online
Texto: Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Manifestação Pró Bolsonaro de 1° de Maio de 2021

Olhando as imagens já se nota que as manifestações pró Bolsonaro tem muito mais gente do que as manifestações da Esquerda do Lula.

Com certeza isso não está batendo com os resultados das pesquisas eleitorais para 2022 onde mostra o Petista Lula na frente do Presidente Bolsonaro, veja a última pesquisa do data folha.

Economia do país piorou para 72%, aponta pesquisa Datafolha – Farol News

Datafolha aponta Lula com 55% e Bolsonaro com 32% no 2º turno em 2022

Da Redação

Pesquisa Datafolha divulgada no fim da tarde desta quarta-feira (12) indica que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera por uma margem confortável as intenções de voto para a presidência em 2022. De acordo com o levantamento, Lula tem 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Jair Bolsonaro (sem partido).

Na sequência, aparecem o ex-ministro Sergio Moro (sem partido), com 7%, o também ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 6%, o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com obtém 3%, e, empatados com 2%, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo).

Em uma simulação de segundo turno, Lula repete a vantagem contra Bolsonaro. O petista tem 55% das intenções de voto, contra 32% do atual presidente. Lula também venceria Moro (53% a 33%) e Doria (57% a 21%).

Já Bolsonaro empataria tecnicamente com Doria, por 39% a 40%; e perderia para Ciro, com 36% contra 48%.

O levantamento foi realizado com 2.071 pessoas, em 146 municípios, nos dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Esta é a primeira pesquisa Datafolha desde que Lula recuperou os direitos políticos, após decisão do STF que anulou as condenações do ex-presidente, diante da incompetência da Vara de Curitiba para julgar

Você Acredita Em Pesquisa Eleitoral? - Seu Zé E Dona Maria - YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *