Browse By

Um dos médicos que protocolou o pedido de impeachment de Bolsonaro foi secretário de saúde do PT em São Paulo

Gonzalo Vecina é cotado para Ministério da Saúde da então Presidente Dilma Rousseff

A então presidente, Dilma Rousseff, estudou o nome do sanitarista Gonzalo Vecina Neto para comandar o Ministério da Saúde, segundo fontes do setor. Vecina na época foi superintende corporativo do Hospital Sírio-Libanês e ex-secretário de Saúde da Prefeitura de São Paulo na gestão Marta Suplicy, entre 2003 e 2004.
Além disso, o sanitarista presidiu a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no governo de Fernando Henrique Cardoso e foi secretário nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde de agosto de 1998 a abril de 1999.

Pode ser uma imagem de 2 pessoas e texto que diz "Patrocinio PETROBRAS Foi secretário de saúde do PT"

One thought on “Um dos médicos que protocolou o pedido de impeachment de Bolsonaro foi secretário de saúde do PT em São Paulo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *